sexta-feira, 19 de março de 2010

Enquanto o alprazolam não faz efeito...

Os amigos que me conhecem um pouco melhor, e a partir de agora todos os que lerem esse post, sabem que eu sofro de um problema sério de insônia. Esse problema começou na minha infância quando, por falta de limites impostos pelos meus pais, eu ia dormir na hora que eu quisesse, chegando a virar a noite várias e várias vezes. Isso continuou durante minha adolescência, quando eu passava as madrugadas lendo ou mexendo no meu 286 (que à época era um luxo para poucos. Se você não sabe o que é um 286, faça um pesquisa no Google). Hoje isso se tornou um problema crônico que tentei curar nos últimos anos das formas mais diversas: chás, mel, exercício físico, meditação, leite quente... nada resolveu. Deixei, então, o preconceito de lado e fui a um profissional para que ele me receitasse um medicamento. Nesse dia eu fui apresentado ao alprazolam, ao qual chamo carinhosamente de sleep medicine.
Não faço uso diário desse medicamento, já que ele é demasiado forte e oferece risco de dependência, mas em momentos de ansiedade, como o que estou vivendo neste instante, ele é essencial para me jogar nos braços de Morpheus. Contudo, ele demora cerca de 40 minutos para fazer efeito, por isso resolvi esperar esse tempo escrevendo este post. Eis a bula, clique para ampliar a imagem:

São exatamente 03:48h, enquanto o remédio dissolve-se no meu estômago para, a seguir, tomar minha corrente sanguínea, aproveito para fazer coisas inúteis, como digitalizar as imagens da caixa e da bula para anexar a este post.
Antes de começar este parágrafo, eu gastei algum temo fazendo ajustes no Corel Photopaint e percebi que o remédio começou a fazer efeito. É algo estranhíssimo e difícil de descrever: a ansiedade continua a acelerar meu batimento cardíaco, mas o cérebro começa a desligar, embaçando a visão e comprometendo dramaticamente a coordenação motora (a digitação está se tornando difícil, estou errando a cada palavra). Entretanto, preciso aguentar firme, já que ainda falta digitalizar o verso da bula (processo iniciado agora, às 03:59h).
Caso o leitor esteja se perguntando sobre a utilidade ou a relevância deste post, peço que ele se solidarize e entenda que são a utilidade e a relevância de se estar acordado na cama, rolando de um lado para o outro, sem conseguir dormir. Entenda que estou ocupando o que seria um tempo perdido em algo que amo fazer, que é escrever. E se minhas palavras são enfadonhas, que torça junto comigo para que o Alprazolam faça logo efeito.
Agora são 04:18h, acabei de fazer o upload das imagens e sinto que já não será possível digitar com precisão (estou errando todas as palavras e tendo de redigitá-las todas). Vou publicar no blog e despencar na cama. Foi uma experiência interessante escrever este post, começando com uma ansiedade que revira as tripas e terminando num estado de lerdeza que torna até as ações simples em algo complexo. Fim. Sem condições de continuar. 04:32h.

87 comentários:

  1. I wish doctors would open their eyes and prescribe this medicine easier. Just because I panic easily doesn't mean I'm a psychotic. Docs, lighten up! I need them!

    ResponderExcluir
  2. Meu caro, estou procurando uma demonstração em vido de como age o alprazolam, gostaria de vê-lo em ação dentro do cerebro, entende? se vc conhecer algum video, por gentileza -indique-o a mim.
    saudações psicoativas
    Junior

    ResponderExcluir
  3. Quero conversar com vc meu msn é claudia.p.gomes@hotmail.com me adiciona!

    ResponderExcluir
  4. Rodrigo L Zecchin26 de julho de 2011 21:34

    Realmente, alprazolan é maravilhoso. Uma pena ser viciante.
    Sofro de sindrome do pânico desde os 18 anos (hoje tenho 26).
    Tomo 1 comprimido de 1mg quando vejo que "vou morrer" de infarto ou vou morrer dormindo (o que não me dá o sono devido).

    Ótimo Post.
    Grande abraço,

    Rodrigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rodrigo, fui diagnosticada...sindrome do pânico agora em set/2012. Mas... vc , por acaso, ficou com certa dificuldade pra engolir certos alimentos, teve a sensação de que a deglutição estava falhando; que uma hora esse movimento ia travar e vc morrer sufocado? Quando tô na crise, sinto algo na garganta que não desce mesmo fazendo muita força pra engolir.

      Excluir
    2. Rodrigo, sofro de Sindrome do Pânico desde 2007, a primeira crise que tive pensei que ia morrer, exatamente como vc descreveu... Claro que não cogitei a ideia de ser uma doença psiquica, então procurei outros médicos: cardiologistas, neurologistas... fiz uma série de exames e nada. Cheguei a ficar internada por 3 dias, até que aceitei a ideia de procurar um psiquiatra. No começo o médico me animou dizendo que o tratamento só duraria 1 ano e meio.
      Hoje, continuo tomando Venlafaxina e Alprazolan. Ambos a noite, pois tenho medo de morrer a noite, dormindo, de um infarte... Tudo coisa da cabeça pq no coração eu não tenho nada, mas o que mais me impressiona é o fato de o cérebro ser capaz de produzir todos os sintomas de um ataque cardíaco... é horrível "sentir" que vc vai morrer!!!
      Bom, enfim... sigo com meus medicamentos... tenho certeza que sou dependente, pois não fico sem tomar meu alprazolam um dia sequer... Mesmo depois de tomar umas cervejinhas, mando ele pra dentro tb!!!

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Rodrigo,fiquei surpresa com o tempo em que vc disse estar sofrendo com a síndrome do pânico.Mas lhe digo que a fé em Deus me curou deste mal.Além Dele,a psiquiatra tratou-me com antidepressivos.Hoje faço manutenção com Venlafaxina.Nunca mais tive crise de pânico!Deus é mais!!!ABRAÇOS!!!!

      SUELI~

      Excluir
    5. Annie, mas não faz mal juntamente com o alcool das cervejinhas????

      Excluir
    6. faz sim arthur..eu tomo e quando bebi um copimnho de cerveja, vomitei horrores..além de que se vc tomar uma dosagem muito alta, pode diminuir o ritimo do seu coracao..espero ter ajudado...

      Excluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Kkkkk, Marcel, olha eu aqui sem conseguir dormir lendo seu blog. Prazer em conhecer o 3%.
    A srª Ornitorrinco não te ajuda a dormir?

    Bjs e bons sonhos querido.

    Ps: removi o comentário acima por que tinha um erro de PT.

    ResponderExcluir
  7. tomo alprazolam de 0,5 a dois anos e me faz muito bem...tomo um a noite e um de manhã...não sinto sono, só me tira a ansiedade...não vivo mais sem ele...hoje posso garantir que é melhor viver com ele do que não viver...é horrivel sentir os sintomas de que vai morrer e olprazolam me tira tudo isso...abraços e adorei ler suas palavras...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu tbm tomo ele a 90 dias a noite 0,5mg , realmente, 1000000000 vx melhor com ele do que sem ele

      Excluir
    2. Nossa muito bom saber que muitas pessoas tem boas referencias desse medicamento,pois o médico me receitou uma dose maior e comprei menor 0,5 mg.Pq fico medo de viciar.E tbm tem a quesão da mina cervejinha que gosto muito de tomar.Mais evito o máximo tomar no mesmo dia que tomo o remédio.Mais me respodem,faz Mal ????

      Excluir
  8. O Alprazolam não faz efeito em mim... nem tomando dois de 0,25 mg. O Rivotril é bem melhor, sinto uma paz interior, percebo que consigo encarar os problemas de forma mais adulta, não esquento com coisas que julgamos ser bobas... Não perco tempo fritando minha cabeça com bobagm e amo todo mundo rsrsrs... Minha médica me receitou o Alprazolam, mas ele não é nada assim, pq, pq, pq????

    ResponderExcluir
  9. Eu tomo a quase 2 anos no inicio 0,05 mg e me sentia relaxado, era realmente ótima a sensação ja que o meu cérebro não para. Hoje chego dias em que tomo 5 mg meu organismo criou uma grande proteção ao agentes e acredito que pela quantia agora me causa mais mal que bem, sendo assim irei no médico daqui a alguns dia, ele fara um novo diagnóstico e trocara o medicamento, se Deus quiser tudo dara certo.

    ResponderExcluir
  10. Eu tomava rivotril(clonazepam 2mg )há mais de 11 anos só q ele já não fazia mais efeito no meu organismo...assim meu médico mudou para alprazolam de 2mg...realmente ele relaxa muito pois os sintomas da ansiedade é inexpricavelmente horríveis.sensação de afogamento e tudo mais q foi relatado por meus colegas...portanto ele não me faz dormir... naõ durmo desde q meu irmão morreu,há 4 meses.farei agora psicoterapia. Não posso desistir...força aí gente!!! deus abençoe a todos!

    ResponderExcluir
  11. iniciei esta noite com alprazolam,mesmo morrndo de medo!!!!tomei 0,5 eme acordei meio estranha,sem aquela ansiedade terrivel mas meio grog ,cabeça leve emfim,não sei se sigo tomando ou não sou muito medrosa com esses remedios!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente sentir ansiedade é natural da vida, mas quando depois que vc tem sindrome do panico, a gente fica prestando atençao nisso, e qual quer adrenalinazinha já fica pensando, deixa seu coração bater a vontade e desencana, liga o botão do "foda-se", faça tudo que gosta e compre tudo que gosta, e quando vier a sindrome do pânico, procure lembrar, sobre o que estava pensansdo na hora e trabalhe esse pensamento, lute com ele, domine-o e coloque defesas sobre esse assunto, vc pode fazer psicoterapia sózinha, minha esposa vou embora com outro, ela era um boazinha os 5 anos, eu entre em panico...sobre os remedios, tome mas diminua a dose lentamente sempre, para um ajuste do seu corpo e tente acostumar a nao tomar todos os dias, diminua 0,1 mg por semana e troque por uma atividade que vc goste de fazer (por exemplo, troco 0,1 mg por um curso, ou aula de nataçao) e escolha coisas que de prazer e faça tudo o que de dê prazer, esqueça religião, Deus está dentro de vc no seu coração...faça coisa que te faça se sentir bem, mesmo que os outros digam que vc esta louca.....bj.... dagmar.silveira@itelefonica.com.br

      Excluir
    2. sabe amigos um conselho de amiga nao tome remedios de tarja preta sao drogas,e acabao com nossa saude de vez.pense la na frente na 3 idade vc depender dos outros para tudo por causa desses remedios de tarja preta,tem outros remedios naturais demorao um pouco seus efeitos,mais vc estara se liflrando de coisas piores la na frente cuidado.....com tajas pretas.romy...

      Excluir
  12. ALPRAZOLAM (1MG) CAUSA EFEITOS NAO AGRADAVEIS,SE VC TOMA JA ALGUNS ANOS DIGAMOS 4,8 ANOS CONSIDERI- SE UM DEPENDENTE DE ALPRAZOLAM. SE VC SOFRE DE ALCOLISMO OU ABUSO DE DROGAS,ATENçAO O EFEITO é MAS FORTE VC PASSA A TER CONPORTAMENTOS DIFERENTES COMO,BOCA SECA,PRESAO BAICHA , BATIMENTO CARDIACO ACELERADO,NAUSIA E VOMITO,STIPSE , DIARREIA,INGILIAMENTO DA PELE,TREMOR,SONOLENCIA,DORES NO CORPO,DIFICULDADES DE DIRIGIR, LINGUAGE INCONPRIENCIVEL,DIFICULDADE DE SE CONTROLAR,RAIVA ,PERSONALIDADE DIFERENTE,AGRESIVIDADE,ALUCINAçOES,STRESE INCONTROLAVEL,IRRITABILIDADE,INCHAQUECA,PEZADELOS....ETC ALPRAZOLAM é INDICADO EM TRATAMENTO DE UMA SUBISTANCIA NATURALMENTE PRESENTE NO CELEBRO QUE SE CHAMA (GABA).ALPRAZOLAM é USADO POR DISTURBO GRAVE.O TRATAMENTO DE ALPRAZOLAM DEVE SER USADO POR UM TRATAMENTO BREVE. CASO CONTRARIO CONSULTE SEU MEDICO. BASINGA.

    ResponderExcluir
  13. Olha Marcel, eu estou tomando alprazolan 0,5 mg há 2 anos, desde que tive uma depressão que me fez perder a capacidade que eu tinha de dormir feito uma pedra, em qualquer lugar, até de pé! Comecei a tomá-lo junto com bromazepan de 3 mg. Tomo até hj. Não sei se já sou dependente dele, mas quando não tomo, tenho um sono meio conturbado e acordo com uma coisa que chamo de "angústia nas pernas". Minhas pernas e pés se esfregam involuntáriamente, o que vai me irritando até que eu me levante. Acho que não vou mais ficar sem ele, mas também não me importo, pois a dose é a mesma. Agora, engraçado o que vc descreveu pq eu me ví na situação! Eu tomava e meia hora depois estava completamente "bêbada". Falava enrolado, ficava toda mole. Mas o sono relaxado era (e é até hj) compensador. Vai firme em seu tratamento e saiba que vc não está sozinho nessa! Força aí, companheiro!

    ResponderExcluir
  14. me chamo gigi,eu tomo o de 2mg.tenho muito medo de ficar dependente pois tenho tendência a ser dependente de remédios,tomei o rivotril por 2 anos e quando parei tive uma crise de abstinência horrível,hoje minha psiquiatra me passou um comprimido de cloridrato de venlafaquicina e por minha conta eu tomo o aprazolam quando estou muito anciosa,principalmente quando sei que vou ter que enfrentar algo que tenho medo,como falar em público,e muitas vezes até dirigir.mas oro pra que Deus me liberte dessas drogas,Deus abençoe

    ResponderExcluir
  15. Tomo alprazolam ha 15 anos. Nao tenho efeito colateral nenhum, mas viciei, se ficar 1 dia sem tomar piro, quase morro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem estou na mesma situação que você, porém com o Rivotril, tomo há 7 anos, minha ansiedade diminuiu muito, os ataques de panico quase não existem, faço de tudo, nem parece que tenho síndrome do panico, porém me viciei, mas sinceramente, melhor com ele do que sem ele. Crises apavorantes nunca mais.

      Excluir
    2. Eu tomo Apraz 1mg há anos, uns 10 ou mais, tomo 1 a noite e 1 de dia. Estou completamente viciada e não pretendo parar, pois sem ele a sensação de morte iminente é pavorosa, portanto prefiro viver com ele que sem ele, mas como minha dosagem é muito pequena, está fazendo menos efeito, o sono demora umas 2 horas pra chegar e acordo por qualquer coisa, não é mais um sono tranquilo e direto, por isso vou pedir pra trocar pelo Rivotril, nunca tomei mas falam tantas maravilhas dele que estou tentada a trocar, mas vai depender da minha médica, pois só dá pra comprar com receita azul. Abraço a todos;)

      Excluir
  16. Anônimo 10/06/2012 Tomo pela manhã o PRESS PLUSS junto com o venlaxin ! As 14:00 a metade do MENELAT e completar de noite tomo o RIVOTIL e repito o VENLAXIN ! Já conquistei melhoras ! Eu tinha mêdo e ansiedade, em tudo !!! Melhoras á todos....

    ResponderExcluir
  17. ADOREI O POST e engraçado como a vida das pessoas e tao igual mesmo em partes diferentes do mundo o meu problema tambem começou com o meu 286 goldstar e a minha nintendo e a mnh rebeliao desde criança nunca queria ir me deitar e a mnh avo era como eu nao dormia de noite,logo estava sempre na casa dela e nao queria viver com a mnh mae,hoje sou viciado em marijuana,nao consumo mais droga nenhuma ilegal mas hoje em vez de fumar tomei um de 0.25 alprazolan que roubei a minha mae LOOOOL e tomei a meia hora as 5 da manha ja me sinto muito melhor.

    ResponderExcluir
  18. Anonimo!13 de julho 2012 18:30
    Queridos, cada caso é um caso somos todos diferentes se olharmos para nossas mãos prestemos atenção que até os dedos são diferentes um do outro.Os remédios foram feitos para tomar é claro com devido cuidado,faço uso de RIVOTRIL 2mg pela manhã a noite tomo a metade do ALPRAZOLAM,queridos tudo na vida tem que ser controlado o nome já fala remédio controlado o que eu sinto não devem as pessoas saentirem são cabeças diferentes pensamentos divergentes.Precisa tomar tome não faz mau.Bjos Amoooo todos vocês...

    ResponderExcluir
  19. quando criança eu era super ativo. na época não existia esse diagnóstico. tenho 61 anos. comecei tomando psicopax que mudou de nome para lexotan e agora tomo rivotril quando consigo. 3 gotas por dia resolvem pois sou muito ansioso e depois de velho fiquei com arritmia cardíaca que o cardiologista disse que é por causa da ansiedade. fui a um psiquatra pelo SUS que me receitou antidepressivo. fiquei louco, como se tivesse cheirado cocaína que já cheirei na adolescencia e detestei. mas ele não quiz dar ansiolítico porque disse que vicia. pode uma coisa dessa? eu não sou deprimido. se depois de trinta anos 3 gotas resolvem acho que até morrer de velho não deve mudar muito. mas não adiantaram meus argumentos. terei que pagar um particular, pagar uns 200 a 250 reais para comprar um remédio de menos de 10. ou então tomar cerveja sempre que vier a crise pois tb resolve a aritmia mas não quero virar alcólatra. esses médicos...

    ResponderExcluir
  20. Ótimo post. Se um dia eu precisar tomar algo assim, vou escrever também.

    ResponderExcluir
  21. Faço uso do alprazolam (1 mg) antes de deitar e quando fico sem ele (ou uso só a metade), parece que vou enlouquecer!!! Meu cérebro precisa ser desligado e ele, até agora, é o único que faz essa gentileza para mim e além disso tenho uma ansiedade grande. Sim, estou dependente, mas se tiver que tomar a vida inteira e ter uma noite de sono maravilhosa, vou continuar tomando para todo o sempre...

    ResponderExcluir
  22. Olá. Tomo alprazolan eventualmente, pois acordo com uma depressão muito forte.
    Mas, tenho muita insônia e o alprazolan me faz dormir.
    Às vezes fico lendo metade da noite, contudo há noites que preciso dormir um pouco e só com remédio.
    Também, fico com a memória fraca e cansada no dia seguinte.

    ResponderExcluir
  23. Bom saber que existem outros como eu, rs. Tomo alprazolam como relaxante muscular e redução da ansiedade. Tentei suspender o uso, pois os efeitos do remédio eram leves. Mas após um tempo sem uso as dores aumentaram e tem dias que só consigo ter um dia normal com o uso do medicamento. Tomei a primeira dose do dia às 2h31,estou esperando as dores diminuirem assim consigo dormir.

    ResponderExcluir
  24. Tão bom saber q existem pessoas como eu heheheh Sofro de Transtorno de Ansiedade... descubri da pior forma possível, com o fim do meu noivado e agredindo fisicamente o ex-noivo... lá se vão 2 anos... parei a terapia 2x e agora tive q retomar... Pq o alprazolan me tranquiliza e achei q tava melhor e por isso parei as 2x... só q só na medicação não resolve, os problemas continuam... e o transtorno volta... não tomo diariamente, tomo somente qdo me dá as crises (antes q elas aconteçam, aprendi a me conhecer e saber antes)... Mas a sensação q tenho é apenas q ele me "desliga"... não sinto sono, mas ele deixa meu cérebro leve e consigo sim dormir mto bem!!! Estou a 2 anos com ele e por isso minha psicologa me encaminhou a psiquiatra de novo, para ver a necessidade de troca dessa medicação... mas eu acredito q reajo bem a ele... Mto obrigada pela minha leitura deste post e dos comentários q me deixou extremamente bem... e obrigada por "ouvirem" minha história tb!!! Abraços

    ResponderExcluir
  25. Sofro de um transtorno chamado Emetofibia (pânico de vomitar). E um tipo de transtorno pouco estudado, mas há quem sofra deste transtorno até por medo de ir buscar ajuda psicológica. Meu cérebro pensa nisto quase q 24 hrs quando estou no auge das crises. Ela vem e volta e só Alprazolan me equilibra, mesmo me dando um sono fortíssimo. S tomo quando a crise me ataca fora de casa e em publico, exatamente por pensar q eu possa sentir ancia em publico. Da um pouco de medo da dependência, mas tenho muito mais medo dos ataques de ansiedade em publico. Forca a todos. Biju.

    ResponderExcluir
  26. ola a todos , bom pelo visto todos tem o mesmo problema e os mesmos sintomas do remedio , tomo o alprazolan a 6 anos , comecei com 0,5 mg passei a 1mg e agora tomo 2mg todo dia a noite antes eu ficava até 8 dias sem ele , depois dos 8 dias tinha crise de abistinencia , hoje não da para ficar nem um dia se quer sem tomar e tem noite que tomo e não adianta mais nada , é aquela senssação de que vai morrer, já perdi as contas de quantos eletros bati e quantos ecoscardiogramas fiz e não da em nada , tudo começou com um problema simples e facil de controlar , a hipertenssão , que foi me receitado o alprazolan por um medico imcopetente, afirmo: se vc não toma alprazolan , continue assim , ele vicia igual ao crack e no final o bem que ele te faz passa a ser o mau, uma hora o outra , uns levam 8 anos outros 2 , eu levei 6 anos e agora me faz muito mau , vou começar uma luta para largar de vez , pois não recomendo a ninguém esse sofrimento !!

    ResponderExcluir
  27. Meu psiquiatra me recomendou essa maravilha para minha insônia e ansiedade. E realmente funciona, pra dormir é perfeito. O único contra é que o remédio é tarja preta e precisa de retenção medica na hora de comprar.

    Alguém conhece algum outro remédio com os mesmos efeitos e que não seja tarja preta?

    ResponderExcluir
  28. Tô com medo de tomar,se tomar metade do comprimido faz efeito? ele te faz dormir mesmo....um sono profundo? Quanto tempo dura o efeito no corpo? o efeito dura mesmo depois de acordar? quantas horas de sono a maioria do pessoal costuma dormir com o remédio?

    ResponderExcluir
  29. Comecei a tomar fluoxetina dia desses, pensei que era só por causa da tpm, mas a médica me disse que era transtorno da ansiedade e receitou alprazolam...vicia mesmo! Eu tomava diazepam e depois passou pra rivotril e isso já dura quase 10 anos. Estou tentando me livrar de todos com trabalho, atividades físicas e muita, muita calma...Está sendo muito difícil, as pessoas não entendem. Minha sogra chegou a me perguntar se eu não tinha Deus para me livrar desses remédios, pensam que é frescura. Acho que estou confundindo crise de abstinência com o mal estar causado pelo medicamento, pois, parei de tomar por conta própria.
    Quero muito fazer terapia, alguém para conversar sobre as minhas dificuldades emocionais cairia mt bem, mas ao mesmo tempo penso no problema e na exposição que isso me causaria...
    Se minha família me critica pq tomo medicamentos para ansiedade, imagina o que eles fariam se eu procurasse um terapeuta?

    Vou seguir tentando, mas não estou animada não...
    Bj a todos, foi mt bom falar um pouquinho sobre mim e "ouvir" vcs :)

    ResponderExcluir
  30. Boa Tarde Já Tomei Sertralina para crise de panico e depressão mais demora em 15 dias para fazer efeito em quanto não fazia efeito eu só dormia com Aprazolam ou Clonazepam e a angustia continuava mas depois que a sertralina começou fazer efeito a angustia foi passando depois de 3 meses tirei aos poucos os medicamentos sem orientação medica que é errado fiquei 5 anos sem sintomas entre "aspas" porque no ritmo agitado que vivemos sempre pintam alguns sintomas pisicossomáticos originario do stress diario final de 2012 os sintomas se agravaram novamente depois de 5 anos e passei a ter um quadro de TAG ansiedade generalizada com episodios de Panico voltei ao medico e ele me passou Escitalopram que é um anti depressivo mas serve para ansiedade pois no momento não estou deprimido somente com ansiedade. e aprazolam 0,5 mg para diminuir a ansiedade ja faz 20 dias que estou tomando o escitalopram e alguns sintomas ja diminuiram pois ele ja começou a fazer efeito quanto ao aprazolam tem dias que ja estou conseguindo dormir sem tomar ele mas tem que tomar cuidado pois ele é gostoso a sensação de desligamento que da então é bom tomar só quando tiver muito agitado mesmo. e sempre consultar um psiquiatra para ver qual o melhor tratamento para vcs e Buscar sentido existencial na Fé em Deus Pai todo poderoso independente de Religião boa sorte á Todos

    ResponderExcluir
  31. Tomo ALPRAZOLAM de 2 mg e me sinto muito bem. Sem ele fico ansiosa pelo dia.seguinte. Quando ele começa a fazer efeito minha vista embaça, meus olhos ardem e depois não me lembro de mais nada. Acodo no dia seguinte ainda sob o efeito e ai sinto nausea, me bato em tudo pq fico muito tonta kk. Mas fora isso, o remedio é perfeito!

    ResponderExcluir
  32. Também comecei a ter os mesmos sintomas relatados por todos há cerca de 4 anos. Só quem passa por isso entende, pois nos sentimos como se realmente estivessemos tendo um infarto, sei lá, a sensação é péssima, além da insônia diária que é terrivel também. Já cheguei a ficar tão mal, como se não conseguisse mais respirar e achei que naquele dia havia chegado minha hora. Já fiz eletrocardiograma e não deu nada de anormal. Os familiares não entendem, os conhecidos também acham que é frescura, etc.
    Como frequento uma igreja já ouvi das pessoas que não tenho fé para Deus me curar e críticas deste tipo. Outros exames que fiz do cérebro constataram anormalidades do fluxo sanguíneo em várias regiões, e meu neurologista me confirmou que por causa disso eu preciso tomar estes tipos de medicação, ansiolíticos e anti-depressivos.É uma doença, não me culpo mais por tomar estes remédios.Se a medicina pode nos ajudar a ter uma melhor qualidade de vida eu prefiro continuar tomando do que deixar meus familiares loucos com as minhas crises quando resolvi dar um tempo achando que conseguiria superar estes transtornos sozinha.

    ResponderExcluir
  33. Tomei foi dois comprimidos e nao consegui dormir, rivotril que me capota... e ainda esse remedio me deu diarreia.

    ResponderExcluir
  34. Estou tomando apraz por seis meses, 0,25mg, sinto que vicia um pouco, mas, para dormir é uma maravilha. Quando não tomo meu sono é leve, acordo cansada, com a cabeça pesada. às vezes penso em parar, mas o dia seguinte fica pior sem ele.

    ResponderExcluir
  35. Não quero de modo nenhum vir aqui apresentar um record absoluto do qual não tenho qualquer motivo para me orgulhar mas posso dizer que comecei a tomar ansiolíticos aos 18 anos devido a uma depressão.

    Depois de experimentado vários medicamentos, aconselhado sempre pelo meu médico, hoje tenho 56 anos e tomo Alprazolam 1mg há cerca de 20 anos e é muito raro tomar mais do que um comprimido por dia.
    A intenção não é dormir mas evitar crises de pânico e se a situação o justificar tomo 2 comprimidos em vez de 1.

    Para dormir não tomo absolutamente nada. Caio na cama, ligo a TV (o meu melhor sonorífero) e passados 15 minutos estou a dormir. O segredo não é nada de especial: faço todas as manhãs 45 minutos de corrida, logo seguida de 1 hora de Ginásio (30% cárdio e 70% de musculação) e evito sempre 3 coisas: stress, discussão e bebidas alcoólicas.

    1 grande abraço e um grande obrigado pelas vossas opiniões.

    ResponderExcluir
  36. Tomo ha dez anos , não consigi parar , tomo a noite para dormir melhorrrr

    ResponderExcluir
  37. Quem quiser que pense o que quiser. Não tô nem aí. Sofro de insônia desde sempre e agora com fibromialgia e síndrome do pânico, que só sabe quem sofre, estou usando alprazolam de 1 mg à noite, paraconseguir 5 horas de sono reparador e pela manhã tomo venforin. Antes, além de dolorida, deprimida e mal humorada, tendo uma queda de cabelos absurda, só tinha idéia de suicídio. Prefiro morrer viciada e dependente do que viver todas as angustias que vivi. Não posso dizerque curacompletamente, mas que reduzos sintomas em pelo menos 70 por cento com certeza. Há meia hora tomei o alprazolam graças a Deus. Se não fosse por ele já teria dado cabo de minha vida. Pior que os medicamentos é a vida que nós brasileiros somos pressionados a levar. Beijos viciados.

    ResponderExcluir
  38. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  39. Nossa, lendo os depoimentos eu me enxerguei neles, domingo passado tive a minha primeira crise de ansiedade (pelo menos acho que foi ansiedade) que minhas pernas, braços e corpo ficaram dormentes, e eu tremia descontroladamente, parecia que ia morrer, não conseguia dormir, deitava na cama e meu corpo tremulava assustadoramente, reclamei o dia todo até que meu pai resolveu me levar ao médico, e foi assim que me apresentaram ao alprazolam. Estou tomando a quatro dias, e meus sintomas desapareceram! Tive uma noite maravilhosa, dormir e dormir perfeitamente! Só tenho medo de ficar dependente, porque ontem tentei dormir sem o remédio e simplesmente não deu, rolei na cama até as três da manhã até que por fim tomei dois comprimidos de 0,5! Ah, a sensação de alívio foi maravilhosa, dormi minutos depois, o único problema é quando acordo, ainda passo um bom tempo grogue e em letargia total! Mas vale a pena se for garantia de noites como as que eu tenho tido. Acho que pelo medo de me viciar, gostaria apenas de algum medicamento que tivesse o mesmo efeito, só fazer dormir mesmo, e que pudesse comprar sem receita especial, porque daí então eu guardaria o alprazolam para os meus ataques e crises. Não sei se terei outras, mas nunca se sabe, essa última e primeira se desencadeou sem motivo algum. Uma amiga minha toma fluoxetina, mas não sei se faz o mesmo efeito que alprazolam. Estou numa sinuca de bico, agora vou comprar dramin, porque antes sempre me dava sono quando tomava, vamos ver.

    ResponderExcluir

    ResponderExcluir
  40. LI TODOS OS COMENTÁRIOS , ME VI UM POUQUINHO EM CADA UM, EU ERA UMA PESSOA CALMA ,DORMIA BEM,ATÉ QUE UM DIA COMECEI A ACORDAR 2 DA MANHÃ E NÃO MAIS PEGAR NO SONO, CORAÇÃO ACELERADO ,FRAQUEZA NAS PERNAS , PÉS FRIOS E FORMIGAMENTO NAS MÃOS. PROCUREI UM MÉDICO E FIZEMOS TODOS EXAMES QUE PODERIAM SER FEITOS,NADA FOI DETECTADO ,OS SINTOMAS IAM AUMENTANDO ,PRESSÃO DENTRO DA CABEÇA, DOR DE CABEÇA E NO OUVIDO,NO LADO ESQUERDO DO ROSTO, NO OLHO,TONTURAS TERRÍVEIS,PRESSÃO SUBIA E TINHA QUE SER HOSPITALIZADA. DEPOIS DE MESES DE SOFRIMENTO ,UM MÉDICO ME DISSE QUE EU ESTAVA COM ANSIEDADE GENERALIZADA E ME RECEITOU O ALPRAZOLAM, HOJE SÓ ME SINTO BEM , SE TOMÁ-LO VÁRIAS VEZES POR DIA, CHEGO ATÉ 2 MG POR DIA. SERÁ QUE SE EU NÃO TIVESSE TOMADO A PRIMEIRA DOSE , HOJE EU NÃO SERIA VICIADA? MAS OS SINTOMAS DA ANSIEDADE SÃO TERRÍVEIS A PESSOA NÃO CONSEGUE FAZER NADA,AINDA BEM QUE EXISTE ESSE MEDICAMENTO , POIS SEM ELE EU SERIA SÓ UM CORPO VEGETANDO EM CIMA DE UMA CAMA. ACHO QUE DEVERIA TER UM APOIO A PESSOA QUE SOFRE DOS MALES DA ANSIEDADE,SÓ QUEM PASSA SABE O QUE É.... A ILDA RESENDE SABE DO QUE EU ESTOU FALANDO,UM ABRAÇO A TODOS

    ResponderExcluir
  41. TOMO ALPRAZOLAM DESDE QUE TIVE UMA CRISE HORRÍVEL DE PÂNICO E DESMAIEI NA RUA. INFELIZMENTE O MEU MÉDICO ESTÁ DE FÉRIAS E FIQUEI SEM O REMÉDIO. ESTOU SEM DORMIR A QUASE 72 HORAS...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aproveita para desmamar e se livrar dele, é difícil mas não impossível... Toma a menor dose possível quando puder tomar e vai ver que seu corpo vai começar a reagir como antes...

      Excluir
  42. Pessoal infelizmente os comentarios são bastante parecidos, todos estamos com depressão ou ansiedade ou crise de panico, isso é terrivel mas, se podemos controla-las com o medicamento que seja, estou nessa de vai e vem fazem dois anos, e meu cardiologista sempre troca a medicação justamente para não viciar em um unico remédio, mas o bendito aprazolam está sempre junto com a formula em dose fraca mas está lá e como somos teimosos tento parar com os remedios e paro de toma-los, pronto começa tudo de novo boca seca, formigamento, cansaço exessivo e pior fobia social. Espero que todos melhorem pois essa vida é curta para ficarmos sofrendo.

    ResponderExcluir
  43. Oi, gostaria que me ajudasse a entender meu problema, a médica neurologista me diagnosticou distúrbio de ansiedade, enfim, tomo Alprazolam de 0,5 e excitalopram de 10mg, deu algumas melhoradas pois no inicio sentia-me com muitas tonteiras, uma aflição nos peitos, suor nas mão muitas dores de cabeça, agora de vez enquanto tenho dor de cabeça e suor nas mão mais ainda tenho algumas vezes muitas tonturas, gosto muito de me divertir, tomar uma cervejinha, paro 4 dias antes de beber a medicação e depois no outro dia volto novamente, gostaria de algumas instruções, meu email é vnessa80@gmail.com se podesse me ajudar ficaria muito grata.

    Att
    Vanessa Fonseca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fale com seu médico ou procure outro médico. Existem vários tarja preta que podem lhe ajudar. É questão de aceitação do seu organismo. E certamente você encontrará um produto que lhe faça bem.

      Excluir
  44. Eu tenho dificuldade para dormir, principalmente por causa de sofrer de dores crônicas. Alguns remédios tarja preta fazem efeito paradoxal. Se eu tomar Rivotril, por exemplo, não durmo nada. Conheço uma pessoa que dorme muito com esse remédio. Dos que testei, apenas Lexotan faz efeito, ou seja, faz dormir relativamente bem.

    ResponderExcluir
  45. Sofro de insônia há quase vinte anos e agora tenho dores horríveis na perna esquerda por causa de três hérnias de disco. Além disso, acho que tenho a síndrome das pernas inquietas, pois já começa ao anoitecer o desconforto, as contrações nas pernas e isso não me deixa dormir mesmo. Tomo Lorax e às vezes mudo para alprazolam por uns dias. Da primeira vez que tomei o alprazolam capotava e só me dava conta de mim oito a dez horas depois e com muita dificuldade para acordar. Agora só da uma relaxadinha, mas consigo dormir um pouco e acordar bem. Tenho medo de tomar remédios, mas tenho maior pavor das noites de insônia e dor. Às vezes tomo flotac ou codaten para a dor, mas acho que são mais perigosos que o alprazolam e lorax.
    Este post me fez muito bem, pois senti que não estou sozinha com meus problemas e receios. Obrigada.

    ResponderExcluir
  46. "Nadando contra corrente, só pra exercitar..."
    3% é dose. 3% talvez cure. 3 minutos não bastam, 3 horas é demais. Demais? Será? Tu falou que fez meditação... ok, quem sou eu pra julgar? Mas não quero te julgar, quero te orientar, descrevendo um quadro, nada semelhante ao teu, onde cada um com seus karmas, muita coisa em comum, nada a haver, tem pontos de convergência, tangenciando nossos núcleos, mentes, almas, egos.
    Volte a meditar. Mas o faça com uma disciplina marcial. Imagine-se um artista, que desenha, pinta, esculpe, compõe, na mente, o seu próprio equilíbrio. A mente precisa de exercícios, exercícios espirituais são praticados por poucos, ouse praticá-los. Silencie sua mente, trave uma batalha, não pense na guerra, cada momento é precioso, desacelere, sinta a gota do suor, a pressão nas partes do corpo em contato com o chão, analise a temperatura de cada parte, relaxe cada parte, abstraia, transcenda, ascenda, ilumine. Ouse domar o cavalo do candomblé, saiba adestrar o macaco, o invólucro da tua alma não te governa, tuas emoções não te governam, tua mente não te governa, descubra-se governante do seu ser, do seu íntimo, do seu momento. Lembre-se...

    ResponderExcluir
  47. Eu tomo alprazolam devido à ansiedade, depressão e pensamentos negativos. Só tomo quando percebo que vou entrar nessa crise, de 2 a 3 vezes por mês. O psiquiatra receitou um inteiro, mas tomo meio. Tem me ajudado bastante a sair do ciclo infernal de pensamentos negativos. Depois que faz efeito, parece que volto ao meu eixo e a vida não é mais tão ruim, nada está perdido. Creio que essas alterações negativas de humor se devem também a fatores genéticos, pois muitas vezes fico deprimida sem conseguir objetivar claramente o porquê, o que indica alterações em algumas substâncias no cérebro, o que o remédio ajuda a regular. Minha mãe, avó e tias todas têm alguma alteração psíquica, seja depressão, bipolaridade, toc ou transtorno de ansiedade e a maioria toma ou deveria tomar remédios a vida inteira, não podem parar, senão ficam terrivelmente doentes de novo. O fato é que não aceitamos que são doenças como quaisquer outras, que precisam de tratamento contínuo. É como sofrer de diabetes ou hipertensão: o remédio é pra sempre! Alterações, somente sob acompanhamento do médico. Não creio nesses arroubos de parar o tratamento por conta própria! Mas também sei que não existe a pílula da felicidade, que junto com o remédio tem de haver esforço, terapia, exercícios mentais, disposição para se conhecer melhor e mudar.

    ResponderExcluir
  48. Lendo o que todos postaram me vi também assim,pois a ansiedade exagerada me acompanha há muitos anos,me sufoca a garganta,fico raspando a garganta e engolindo como se fosse um soluço,sinto dormência,o ar me falta até para falar,ler e se é para sair de casa,fazer uma visita,um passeio, a ansiedade vem forte e todos os sintomas aparecem.Fui ao médico e ele me receitou Alprazolam,vou tomá-lo e pedir a Deus que afaste todos efeitos colaterais e que só bem me traga,porque quero me sentir bem,sem esse descontrole emocional chamado Transtorno da Ansiedade e que eu chamo de ansiedade exagerada.

    ResponderExcluir
  49. Boa noite! Eu tomei alprazolam durante 2 anos, parecia realmente que ia morrer quando não tomava]

    Mais o problema é que vc já está dependente, precisa forçar o organismo a trabalhar sozinho, DESMAMAR!

    Vai diminuindo a dose, âté aguentar uns dias sem dormir, é difícil , porém possível!

    Lê a Bíblia, começa pelo Novo Testamento! E seja Forte! Você não nasceu tomando isso, e nem vai morrer tomando! Abraço!

    Há um Deus que criou o céus e a terra, tudo que pedir a ele em nome de Jesus Cristo o seu filho, nosso salvador, é possível!

    ResponderExcluir
  50. É mentira que o Alprazolam vicia. Tomo ele há 8 anos todos os dias, sem pular um. E não sou viciada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E não é viciada? fica alguns dias sem tomar e depois me fala.

      Excluir
  51. Olá turma. Que bom encontrar um lugar para falar sobre um assunto tão simples e prazeroso, mas que pra muita gente é visto com desprezo. Tomo alprazolam há 3 anos, todos os dias, 2mg. Sou outra pessoa. Tenho relações estáveis, emprego duradouro, produzo intelectualmente e nunca tive nenhum efeito colateral. Vejo muitas vezes que o mundo seria melhor se todos tivessem ao menos uma pequena experiência com ele. Sempre fui acompanhado de perto, é claro, nunca me automediquei, sou contra isso. E vejo-o para mim, como o míope vê os óculos. Até enxerga, mas não tão bem. Por que os óculos não vêm com tarjas? Agora, pra dormir, Melatonina. Se até o FDA aprova, porque ela não vem ao Brasil: não precisa de respostas, certo? Abraços a todos os insones. Uma frase ótima que ouvi: não sofro de insônia, tenho é muita vontade de viver.

    ResponderExcluir
  52. Meu nome é Ítalo, tenho 36 anos, sempre fui uma pessoa que dormiu pouco, porém morei com meu pai em uma casa enorme, e a noite sempre arrumava algo para fazer, tenho o aeromodelismo como hobbi, e ficava acordado varias e. varias noites sem dormir porém sem problema algum, mexendo em minhas coisas, há 6 meses me mudei para um apartamento e resumindo, não tem o que fazer a noite, a insonia começou a me incomodar muito, ha 20 dias meu. pai foi diagnosticado com um cancer no cérebro, sem tratamento, fiquei meio louco, ai que não dormia mais mesmo, um dia destes mexendo na farmacinha da casa do meu pai, achei umas cartelas de alprazolan... than than than.... Tomei 8 ou 9 dias 1mg de alprazolan a noite, dormi como uma criancinha, porem lendo na net vi muitos efeitos colaterais destes medicamentos, NÃO VOU TOMAR MAIS..... Espero achar algo natural que resolva. meu problema.... Abraço a todos...

    ResponderExcluir
  53. Eu não tenho problemas p dormir mas minha ansiedade provoca medo de engolir alimentos, ja perdi uns seis quilos. O lado bom é que minha barriga diminuiu, mas esse medo de me alimentar está me enfraquecendo. Estou evitando tomar remédios calmantes mas não tá fácil. vou ter que apelar p alprazolan ou rivotril. não tenho sentido firmeza na valleriana. Força com Deus a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tbm sentia isso, quase morri uma vez comendo um pastel, parece hilario, mais é verdade, mais com o tempo e uso do medicamento e alguns cuidados, pois comia muito depressa superei esse problema.

      Excluir
  54. Ola.....estou aquicomo você: esperando o efeito do remédio! Eu tomo o comprimido de 2mg mas as vezes ele não resolve e contnuo a insôni.Hoje tomei 2 comprimidos.... 4mg...talvez eu durma.... eu compreendo suas palavras pois refletem o pensamento de muitas outras pessoas que passam por esse problema.

    ResponderExcluir
  55. Tomo alprazolan 1mg a uns 2 anos, porque fui diagnosticado com síndrome de pânico, no começo foi ótimo, simplesmente ele desligava meu cérebro, nem sonhos tinha, mais de um tempo pra ca isso ja não acontece, demoro uma ou duas horas pra dormir, e o sono ja não é tão bom. acho que meu corpo ja acostumou com seus efeitos. mesmo assim é melhor do que ter essas crises que tinha.

    ResponderExcluir
  56. Anne bom dia! Realmente um barato esse post. Eu desde crianca tenho dificuldade em captar seretonina. É genetico no meu caso,a familia toda. Hj sofro de Tag transtorno de ansiedade gereneralizada e passei a ter episodios de panico. Estressse pos traimatico pq perdi minha mae faz seia meses e ate agora tavq indo bem. Levo uma vida agitada pis sou adv. Um filho de nove e recwm separadamente. Meu novo namorado. Me ajuda muito, me cobra a cinsulta com o meu psico que agora me receotou alprazolam de 0.25. 5tomo. Tb oxalato escitalopram mas preferia o meu rivo de 0,5 de sos so de vez em quando. Comecei a tomar frontal ontem 0,25 e fico dopadona. Ainda nao tenho opinuao formada sob esse. Medicamento,. Mas to triste pq so o escitopram tomava minhas biritinhas. S
    Bjs e retorno com novas experiencias.
    Abs Ana Paula.

    ResponderExcluir
  57. Anne bom dia! Realmente um barato esse post. Eu desde crianca tenho dificuldade em captar seretonina. É genetico no meu caso,a familia toda. Hj sofro de Tag transtorno de ansiedade gereneralizada e passei a ter episodios de panico. Estressse pos traimatico pq perdi minha mae faz seia meses e ate agora tavq indo bem. Levo uma vida agitada pis sou adv. Um filho de nove e recwm separadamente. Meu novo namorado. Me ajuda muito, me cobra a cinsulta com o meu psico que agora me receotou alprazolam de 0.25. 5tomo. Tb oxalato escitalopram mas preferia o meu rivo de 0,5 de sos so de vez em quando. Comecei a tomar frontal ontem 0,25 e fico dopadona. Ainda nao tenho opinuao formada sob esse. Medicamento,. Mas to triste pq so o escitopram tomava minhas biritinhas. S
    Bjs e retorno com novas experiencias.
    Abs Ana Paula.

    ResponderExcluir
  58. Bem ja faz 1 hora que eu tomei o meu de 0,5 , estava completamente agitada, nervosa e agora graças a Deus passou..é infelizmente neste momento da minha vida eu necessito deste medicamento como a 6 anos atras fiz uso por 7 meses do rivotril depois parei de tomar por conta propria pq achei que não precisava mais..as vezes estamos passando por uma fase dificil na nossa vida, como eu estou passando neste momento mas eu creio que isso é só uma fase e vai passar..torço por todos nós que estamos nessa e que vamos dar a volta por cima e dar adeus a esse remedio em breve bjos a todos e Deus no controle sempre Tatiany

    ResponderExcluir
  59. Nossa adorei, acho que li quase todos os comentários, também tenho insônia, tive crises depressivas há uns 3 anos atrás, do nada, achei que era começo de monopausa, mas até hoje os médicos não dão justificativas pela causa, acho que é porque nosso QI é elevado demais e pensamos muito rápido e queremos fazer tudo muito rápido, ficamos estressados por não conseguir fazer e isso vai virando rotina dentro da gente. Quando eu era mais jovem eu queria fazer tudo de uma vez só, e nunca conseguia terminar nada.
    Comecei a tomar Alprazolan 0,25mg Tomo meio comprimido a noite, meu psiquiatra nem me avalia mais, só deixa a receita e eu compro, nunca parei desde que tive a depressão, tenho medo de voltar, porém creio muito em Deus pois sei que Ele me ajuda cada vez que estou mal. Vivo sozinha e acho que isso é um motivo também que ajuda minha ansiedade.
    Não senti mais nenhuma vez mal, só que evito situações que me deixam triste, chorando... Eu chorava muito quando criança, a maioria de nossas doenças vem de criança né??
    Mas enfim eu dei certo com Alprazolan e tamb´[em acho que sou viciada já porque não sei como será se um dia EU PARAR DE TOMAR...

    ResponderExcluir
  60. alguém sabe quanto tempo dura o xanax no organismo?

    ResponderExcluir
  61. Esse remedio alprozolam é tarja preta?

    ResponderExcluir
  62. tenho 19 anos, desde os 15 que sou dependente de ansiolíticos, devido a desde cedo ter que enfrentar o choro, o sofrimento, a angustia de ver a doença no berço da família, a minha adolescência foi passava a observar e a acompanhar um doente oncológico, um maldito cancro dos pulmões que resolveu afetar um ente querido, tal doença fez-me começar a perceber o quão injusta poderia ser a vida... ao longo deste tal percurso chamado de vida, venho a acumular um monte de pensamentos, sentimentos etc, que não consigo transmitir a ninguém (como é mau guardar tudo para nós...) vivo sem objetivos, sei o que não quero mas nunca o que quero, basicamente sou mais um que sofre de ansiedade. contudo, tive o meu "climax" na ansiedade á cerca de meio ano... desde os 17 anos que sou consumidor de canábis, uma "droga" que procurei como relaxante e hoje continua a ser o meu predileto relaxante e criador de ideias e motivações, mas nessa fase de "climax" de ansiedade, resolvi procurar um psiquiatra, como é obvio, e depois de eu lhe ter contado que era consumidor de canábis, colocou todas as culpas nisso, algo que não posso concordar, pois esta ansiedade que sou portador é genética e também muito influenciada pelo meio. resumindo e concluindo, deixei o traxene 0,5mg que tomava desde os 15 e passei a tomar o zoloft 100mg (antidepressivo) e o xanax (alprozolam) 1mg (um de manha e outro á noite). realmente consigo "controlar-me" mais, mas nada além disso, o "eu" continua a ser quem era, a ter os mesmos pensamentos depressivos sobre a vida. conclusão que podem tirar: não pensem de mais, ou o que pensarem, que não seja "mau", ocupem o tempo, pratiquem exercício e nunca desistam de encontrar um verdadeiro objetivo de vida, porque isso sim é a verdadeira cura, as "drogas" quer chamadas de medicinais ou as ilegais, são apenas uma maneira de atenuar o sofrimento enquanto encontramos essa cura...

    ResponderExcluir
  63. Bom mais uma coitada usuária do apraz, gente ele faz efeito a longo prazo, chego no trabalho e durmo sentada, e a noite q seria ótimo q eu dormisse não consigo, pois chego as22h da faculdade quando ele começa a fazer efeito é quase meia noite, eu viciei nessa droga mais gostaria muito de parar, enquanto meu médico só me receitra ele, eu tomo o depress pela manhã, e o apaz à noite. Minha vida tá uma confusão por causa desses medicamentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a dose da noite tá muito alta ou vc tá tomando tarde demais....

      Excluir
  64. Percebi que muitas pessoas tem problema com insônia que é o meu caso. Tomei alprazolan (0,5 mg) por um longo período, fiquei viciada é claro e com lapsos de memória. O psiquiatra foi cortando gradualmente o alprazolan e passei a tomar Patz sub-lingual, 0,25mg que é indutor do sono. Acordo melhor, sem aquela sensação de estar grogue...Indico!!

    ResponderExcluir
  65. Eu reaente nao Sei Mai's o que fazer, eu choro de nervoso, nao eh nem Mai's de depressao!!! Eu achei que ateh tinha aquela doenca q nao me recordo o nome no Momento mas q a Pessoa FICA achando que tem tudo quanto eh tipo de doenca aff!! Enfim eu Moro nos EUA, e em janeiro fui parar 4 vezes na emergencia com crise achando q estava morrendo do coracao, ataque cadiaca etc.. Ambulancia nos eua carissimo, primeira vez q tive q chamar pq nenhum vizinho quiz me acudir pq americano nao gosta de se meter na vida dos outros, fiquei p da vida ai msm tempo pq sabia q iria receber uma continha de $1500 da porcaria da ambulancia, mas na hora do sufoco q eu tava sozinha em casa, epoca de ferias, Minha Filha viajando, minhas amigas tb, chamei o raio da ambulancia, nisso q colocam aquele monte de aparelho e eu perguntando to morrendo, To tendo parada cardiaca, e nisso antes eu nao estava Bem falando, so foi ver a ambulancia q melhorei kk mas dai achando q tava morrendo!! Tah eu vendo tirar pressao( pressao de crianca), batimentos cardiaco, normal!! Encosta o queixo no Peito trank.. E chorando de nervoso achando q ia morrer!! Chego no hospital jah estava melhor sem ter nem tomado nada, so do paramedico me acalmar!! Medico no hospital diz, Vc tem ansiedade e blablabla.. Achei ah ele eh doido Minha sinusite tah ataca da entao foi isso, foi nisso q Parei 4 vezes em 1 mes no raio da emergencia, so q as outras 3 fui dirigindo, por in river q Parecia qd to tendo ataque se entro dentro do carro vai passando pq Sei q tenho q chegar lah no ER viva kkk nao me pergunte como kkk me deram um lorazepam acho q foi esse nao lembro pq joguei fora, nada adiantou muito, eu acordava c muita fome, Pensei to c hipoglecemia, diabete Sei lah, eu tinha q comer de 3 em 3 horas(ainda tenho) engordei Uns 7kg, e foi na epoca a teve a nevasca!! Toda semana tava eu na ER, e eu nao querendo acreditar q era ataque de ansiedade e panico, nosso ja nao saia Mai's de Ksa a nao ser p trabalhar e ir no mercado, finalmente um medico me passou alprazolam ( famoso xanax nos eua) comecei c 3 ao dia, depois de umas 3 semanas diminui p 2, e estava tomando somente 1 por dia, bom.. 2 semanas antes de vir p brasil, comecou a crise dinovo.. Nervosa, e c a cabeca a mil, chego no aeroporto na fila da Alfandega depois de 9 horas de boa de Voo, dei ataque... Vi aquele monte de gente, me tremia de medo e Ficava perguntando pq Tao falando portugues??? Hello tu chegou no brasil idiota!! Meu subconciente me dizia kkk.. Minha Mae tadinha, nao aceita o fato de eu ter este problema, e ela acha q a causa eh pela peruca auditiva(ja tenho a 5 anos a peruca de audicao de um ouvido só e nao me causa problema) ai fala q nao para e me deixa Mai's nervosa, fora q estou c medo de dirigir no brasil, penso a vou bater em tudo!! Tive uma crise sabado, tentei nao tomar o remedio, mas minha Mae me fez eu ir na emergencia aki publica p mulher dizer q eu tinha depressao, e era problema psicotico!!! Kkk a medica passou diazepam e um outro calmante pq eu nao parava de chorar pq eu jah estava chorando pq falou em injecao eu grito e esperneio desde crianca e hj c 33 nao mudei kk.. Peguei meu Xanax tomei e fui embora antes q me dopasem aff.. E Minha Mae q nao para de falar no meu ouvido!! Bom desde sexta estou tendo q tomar 2 por dia, depois disso tudo, parece q vir p brasil agora p mim tah sendo tudo diferente!! Ateh escutar a vizinha cantando dia de Domingo c som nas alturas tah me incomodando kkk e Olha q isso nao me incomodava, juro!!

    ResponderExcluir
  66. Ah tah.. Eu tive uma crise de depressão no começo de janeiro, não expliquei direito kkk.. Mas pq me sentia sozinha c minha filha namorando, eu sempre sozinha em Ksa, eu morando longe da familia(sempre senti saudade mas nunca tive depressão braba na época do frio de janeiro e fevereiro). Mas eu sou o tipo de pessoa q to um dia triste daqui a 3 horas passa e to de boa alegre e tal.. E em março/abril melhorei uns 60%, pois estava tomando somente 1 por dia, mais p dormir. Mas vindo passar férias no Brasil, isso tah me deixando nervosa, todo dia depois das 11 horas me da ataque!! Tenho q tomar se não a comida nem desce!! E se alguém fala comigo(tipo minha mãe) q fala p eu tomar um monte de remédio aff eu começo a ficar nervosa! O q seria p ser férias tah meio q um pesadelo, são 2 hs da madruga e pq eu dormi de tarde agora to sem sono msm depois de ter tomado outra dose( tomo de 0.5) tah batendo o sono, mas ainda agitada aff!!!

    ResponderExcluir
  67. Gente infelizmente tá todo mundo neste mundo sofrendo com alguma coisa...também já tive vários destes sintomas e já tomei alguns medicamentos..mas pior que toma-los é ficar sem eles...quase morri por deixa-los devido ao preconceito da minha família. Então a minha dica é vá a um bom médico aceite ser acompanhado, não abuse dos remédios, faça exercícios físicos, tenha uma vida saudável, e se ame, porque se vc nao se ama, ninguém mais vai ama-lo...e aprenda a dizer não quando quiser dizer naoooooooooooooooooooooooooooooooooo, já tomei remédios fortíssimos tarjas preta, roxas, lilas, rosa, branca, bege...rsrsrrs e hoje estou livres deles por esforço próprio...uma vez uma psiquiatra me disse que eu tinha total controle sobre minha mente, então me tornei poderosa, pois todos me achavam doente da cabeça...entao lutei com todas minhas forças e me livrei das drogas viciantes...vez ou outra tomo uns anti depressivos pelas lutas da vida...mas luto pra não virar dependente, hoje tenho 41 anos e percebi que ao longa da minha vida que o que mais me matava era a pressão das pessoas na minha vida, hoje nao faço tudo que quero pois sou uma pessoa temente a Deus, mas nao deixo as pessoas fazerem o que elas querem de mim.... aprendi a dizer NÃO!!! Ah e tem mais sou casada tenho 2 filhos, (1 estudando medicina e o outro se preparando pra entrar na faculdade de engenharia) um marido(primeiro e unico) 2 cachorros, trabalho, tenho profissão, dirijo em uma das maiores cidades do mundo(São Paulo) Falo 3 linguas....e é isso aí...temos nossos problemas, precisamos de psiquiatras, mas podemos tudo na vida!!! Bjooo espero ter ajudado a todos...lembre-se: Se ame, aprenda a dizer não, lute contra as drogas, vc tem toral controle sobre sua mente, e seja feliz...vc é normal seu problema ao invés de ser na bexiga é na cabeça e dai? Que se exploda quem pensa que vc é louco!!! E nunca se Esqueça do seu Criador Deus! Foi ele minha força maior, quem nunca me decepcionou, e me deu força inesgotável pra lutar contra tudo e todos que queria meu mal!

    ResponderExcluir
  68. Tomo remédio para depressão e síndrome do pânico há 12 anos...hoje o sono não chega estou angustiada, vou tomar outro, jat tomei 4mg e nada. ..estou passand o momentos ddifíceis, são 02:25 e não tenho sono, bou tomar mai 2 mg. Não temo a mote, para mim será um descanso eterno. A felicidade me espera...dormir.

    ResponderExcluir
  69. Curioso ler sua postagem e confrontá-la com alguns depoimentos; curioso como o efeito do medicamento varia. Sofro de uma série de transtornos (que nem cabe listar aqui), dentre eles ansiedade e insônia. Já tomei todos os tarja pretas benzodiazepínicos. Dentre eles, o Alprazolam foi sem dúvidas o que mais me afetou. Não demorava 40 minutos, bastava 10 eu estava dormindo, não importasse o que eu estivesse fazendo. Quantas vezes dormi sentado! Quantas vezes dormi comendo, e acordei com a colher ao lado da boca e comida no corpo. Sem falar que me tornei viciadíssimo. Não conseguia passar um dia sem. E minha tolerância foi pedindo cada vez mais. Por fim, terminei tomando um frasco do não-genérico do Alprazolam, o Frontal (com 28 comprimidos). Terminei no hospital com uma lavagem estomacal de carvão ativado, tendo dormido três dias. Quase um suicídio. Hoje tomo o Diazepam, que dentro todos foi o que melhor meu organismo se adaptou. Não posso nem ver Alprazolam...

    ResponderExcluir
  70. normal ter começado alprazolam ha 2 dois, e ter medo da sensação que ele nos dá? aquela sensação de leveza no cerebro.. de os olhos a fecharem-se? considero que ja abri uma serie de vezes os olhos e faço força para não dormir por medo!
    alguém me sabe dizer se é normal esta sensação?

    ResponderExcluir